Jogo RPG

10 abr 2014 Alo! Ok! Então... Olá a todos! Bem, eu costumo fazer rp na página inglesa, mas ja que isto vai ter uma versão em 'tuguês'... .. ... ... Aposto que esta pagina vai passar muito tempo vazia :(Kaladrian28 10 abr 2014
10 abr 2014 Vamos lá ver Visto que este cantinho está perto de morto, gostaria de saber se por acaso existe alguém interessado em juntar-se a um ORP comigo aqui. Como tal, se por acaso têm interesse em RP, ou gostariam de tentar, digam aqui o nome da personagem (não tem de ser o nome que tiveram de dar na sua criação), e um pouco da sua história (donde vem, como vive, etc). Eu só irei testar agora, antes de ver se alguém responde durante a semana. Dependendo do interesse mostrado pelos outros jogadores tugas/luso-brasileiros/etc , eu irei dar o meu lado da história. Mas se ninguém aparecer, vou dar este thread como morto. Se por acaso haver jogadores interessados, poderei então criar um ORP em tuguês :)Kaladrian3 10 abr 2014
18 jan 2012 Maldita estalagem (Iniciação ao Open RP) ((Ola peeps! Hoje vou criar o primeiro open rp deste forum! Alguns podem tar nervosos, outros... nem por isso. Bem! Só entra quem quer, e convem ter algumas noçoes de rp antes de começar. Se tiverem alguma pergunta, disparem. Eu respondo AQP (assim que puder. ASAP) e tou aqui para ajudar. Ok o tema é simples. o cenário é uma estalagem neutra no meio de Arathi. Horde e Aliança podem juntar-se, e podem comunicar com os outros. Evitem, claro, parecer demasiado OP ou fazer metagaming, que significa fazerem os movimentos dos outros sem autorizaçao. Depois disto tudo, divirtam-se! ^^ O vosso amigo Kal tá aqui se precisarem.) À alguns meses, Sedrik Goldentooth e Balzag Quickfingers vieram a Arathi, à procura de um sitio para iniciar um negócio. Rota de comerciantes, eles repetiam, visto que aquele ponto ficava entre território vermelho e azul (Hordies e Alies). Após muita investigação, subornos e algumas rótulas partidas, eles compraram um pequeno pedaço de terra no caminho entre Stromgarde e Refuge Pointe. E o que decidiram fazer? O que qualquer goblin decente faria. Iniciar um negócio. Numa questão de dias, estes dois goblins contrataram alguns camponeses humanos e peões orc para construir uma estalagem o mais depressa possivel. Em dois meses, um belo idificio de madeira e metal estava construido, com uma sala ampla, varios quartos e um pequeno estábulo. Os camponeses e peões não foram pagos e foram mandados para casa. Dois dias passam. Agora, os placards e paredes de Stormwind e Orgrimmar estão cheios de posters, indicando o local da estalagem e prometendo que os primeiros 100 a chegar recebem um brinde (que não passa de um brinquedo de chiar para cães). Os guardas começam a limpar estes posters, e ao mesmo tempo procurar quem os pôs. Apesar disso, alguns posters ficam perdidos, deixando vários civis e aventureiros (vocês) intrigados. Passa-se um mês. Kaladrian volta de uma missão para a Catedral da Luz, em que teve de caçar um necromante que estava a ameaçar as terras a norte. Cansado e esfomeado, ele olha para o cêu estrelado, pensando no quão sabia bem uma refeição quente. Apesar disso, as suas pseudo-preces são ouvidas. A caminho, ele encontra um edificio novo, iluminado por dentro. Calmamente ele anda para este, e entra. Uma visão que nã vê a algum tempo. A estalagem não estava cheia, mas tinha bastante pessoal nela. Empregados de mesa traziam cervejas e refeições aos hospedes, dançarinas entretiam-nos, havia risadas e felicidade por todo o lado. "Woah..." Kal pensa, mas é interrompido pelo seu estomago, que grosna com a fome. Ele mete a mão direita sobre o estomago. "Boa noite senhor." Kal olha para a frente. Uma empregada de mesa fala-lhe. "Deseja uma mesa? Um quarto?" Kal acena com a cabeça. "Humm... sim, sim claro." A jovem empregada sorri. "Siga-me por favor." Ela guia-o para uma mesa livre e limpa, e quando ele senta-se ela entrega-lhe um cardapio gasto, inclinando-se ligeiramente sobre ele. "O que vai desejar?" "ehrm..." Kal balbucia, envergonhado quando olha para o decote da jovem. Mas abana a cabeça e concentra-se de novo. "Estufado de frango e uma caneca de cerveja fria." "Muito bem!" A rapariga acena com a cabeça ao mesmo tempo que escreve num bloco. "Espere um momento, por favor." Kal observa a rapariga a afastar-se, e larga um longo suspiro. Enquanto espera pela sua refeição, ele olha à volta, observando as outras pessoas que andam pela estalagem. (Ok! É a vossa vez! :D )Kaladrian8 18 jan 2012